Não perca tempo! Ache o produto que deseja por meio da nossa busca.

Dicas West Garden

Dicas e Notícias

Propagação

Propagação

• Propagação por estacas de folhas:
Este é o método mais rápido para se obter mudas da maioria das plantas. É
importante que neste método se utilize hormônio enraizador para se obter sucesso no plantio, para isso, apenas encoste a ponta do ramo no pó (enraizador). Para as estacas, retire talos com aproximadamente 4 folhas. Passe a ponta da estaca no hormônio e coloque no vaso com terra comum de jardim já umedecida. Depois, cubra o vaso improvisando como se fosse uma estufa, com plástico ou garrafa plástica, ambas transparentes, ou pode-se também deixar a muda em local definitivo, protegido da mesma forma que o método anterior.













• Propagação por estaca basal e ponteiro:?
As estacas de ponteiro são retiradas dos ramos das plantas, é a parte terminal jovem da planta. As estacas basais são pedaços do caule ou ramo das plantas, devem ter 20-30 centímetros de comprimento e ter no mínimo 3 gemas. A melhor época para se fazer a propagação por estacas é após a floração da planta.









• Propagação por mergulhia:
Neste método, mergulha-se parcialmente um ramo da planta no solo. Prenda-o com um grampo para ajudar no enraizamento.












• Propagação por encostia:
Usa-se um porta-enxerto, que deverá unir-se à estaca da planta que será propagada. Faça um corte lateral no porta-enxerto e na estaca, una-as com um fitilho plástico, assim ocorrerá a união dos tecidos.









• Propagação através da enxertia:
O correto é por garfagem, onde finca-se a muda a ser cultivada no porta-enxerto, e isso é feito com um ramo de 5-10 centímetros de comprimento, sendo que o mesmo deve ter de 2-3 gemas.

A garfagem pode ser feita das seguintes formas:

a) Abrindo-se uma fenda no meio do cavalo em forma de "V", nele fincando-se a estaca;
b) Abrindo-se fendas laterais no cavalo para inserir a estaca.
Nas duas formas descritas acima, deve-se amarrar uma ráfia e cobrir com cera de abelha nos enxertos para impedir a proliferação de fungos nas cicatrizes.



• Propagação através da alporquia:
1º) Escolha um ramo lateral sadio e grande;

2º) A partir da ponta do ramo meça de 15 a 30 centímetros e faça uma incisão oblíqua no local;

3º) Deixe este corte levantado e preencha a região com musgo ou esfagno úmido. Envolva a incisão com um plástico transparente para agilizar o enraizamento.

Quando surgirem as raízes, plante a muda em local definitivo.





• Propagação através da borbulhia:
Retire a gema do ramo a ser cultivado. Faça um corte no porta-enxerto em forma de "T" invertido. Encaixe a gema no corte do porta-enxerto, unindo tecido com tecido, depois amarre com ráfia ou fitilho, deixando a ponta da gema descoberta para que o broto possa se desenvolver.


• Propagação por estaca basal e ponteiro:
As estacas de ponteiro são retiradas dos ramos das plantas, é a parte terminal jovem da planta. As estacas basais são pedaços do caule ou ramo das plantas, devem ter 20-30 centímetros de comprimento e ter no mínimo 3 gemas. A melhor época para se fazer a propagação por estacas é após a floração da planta.


• Propagação por divisão de touceiras:
Para fazer a divisão, retire a planta do solo e com uma tesoura ou até com as mãos, separe as mudas, sendo que cada uma tem que ter no mínimo 2 folhas e algumas raízes.


• Propagação por divisão de rizomas:
Neste método os pedaços cortados da planta, tem que ter aproximadamente 10 centímetros e no mínimo 3 gemas. Para isso use uma tesoura boa para não danificar a planta. O plantio deve set feito de forma inclinada e em local definitivo.


Palavras-Chave
propagação, métodos

Nosso Endereço

Rua Martins Junior, 287 - Freguesia do Ó – CEP: 02963-040
São Paulo - SP / Brasil

Entre em Contato

E-mail: westgarden@westgarden.com.br
Telefone: + 55 (11) 3992.3992 / Fax: (11) 3992.3991


 

Listo Comunicação     Copyright © 2010 WestGarden